Anitta
A cantora fluminense Anitta (FOTO: Reprodução)

Após ceder à pressão dos fãs ao aderir à campanha #EleNão, Anitta decidiu ser cautelosa quando o assunto é seu próximo passo profissional. Diante das diversas críticas recebidas na última semana pela demora em seu posicionamento contra Jair Bolsonaro, a cantora optou por adiar o clipe de seu novo single, “Veneno”.

Segundo informações do jornal Extra, o lançamento da música e do clipe deveriam acontecer já no próximo mês de outubro, mas Anitta mudou de ideia. A artista teria considerado o momento inoportuno e, por isso, preferiu esperar. A iniciativa em adiar o lançamento do novo projeto teria partido da própria Anitta. A artista mantém um carinho especial por “Veneno”, e considera o videoclipe da música, o favorito de sua carreira.

Na noite do último domingo (dia 23), Anitta passou a aderir com todas as letras à campanha #EleNão. Após ser desafiada por Daniela Mercury a ingressar na campanha contra Jair Bolsonaro, Anitta não só topou o desafio como o repassou a “batata quente” às cantoras Preta Gil, Ivete Sangalo e Cláudia Leitte.

Anitta usa serpentes como colar em clipe da nova canção “Veneno”

Nesta quarta (dia 18 de julho), a cantora Anitta divulgou o sétimo episódio da série que vem promovendo no instagram para a escolha de seu novo single. Através da ferramenta IGTV do aplicativo, a carioca vem mostrando aos fãs alguns detalhes sobre as canções “Veneno” e “Medicina” que estão na disputa para se tornarem a nova música de trabalho da cantora.

Faltando apenas dois dias para o lançamento de uma das músicas, o tema deste novo episódio foram os dois clipes das canções, que já estão gravados e finalizados. O diretor João Papa, que dirigiu os trabalhos do clipe para “Veneno”, deu alguns detalhes do novo vídeo:

“Eu vi que disseram que o clipe tem cobra. Eu queria dizer que não é só uma cobra. São muitas cobras. E essas cobras, cara, a Anitta dominou elas, hipnotizou as cobras. Ela está usando as cobras de colar. Ela dança no meio das cobras” explicou o diretor.

VEJA TAMBÉM: Fãs exigem posicionamento político de Ludmilla e mãe da cantora a defende

Já o clipe de “Medicina”, que contou com gravações em diversos países, também foi comentado. O diretor de arte do clipe afirmou que fazer o vídeo foi um grande desafio, pois a ideia é aplicar o conceito de “medicina” no mundo inteiro.

“É um remédio que será injetado nas pessoas para que fiquem mais tranquilas, curem sua tristeza. A música quer passar uma boa mensagem. Foi um desafio fazê-la porque significa mostrar as cores do mundo, a diversidade, as crianças do mundo cantando, cada um fazendo sua parte”, explicou.

Vale lembrar que por um placar de 20 a 17, “Medicina” acabou vencendo uma votação recente feita por colegas, profissionais e amigos de Anitta que tiveram que escolher entre as duas canções para nova música de trabalho da cantora.