u2

Bono Vox, vocalista da banda irlandesa U2, deu uma entrevista do jornal The Sunday Times, onde comentou sobre um momento bastante particular de sua vida em 2016 quando chegou a refletir sobre sua própria mortalidade. “Eu quase deixei de existir. Foi algo muito sério. Agora eu estou melhor, mas não estava nada bem”, afirmou o cantor, sem dar maiores detalhes sobre qual problema de saúde enfrentou.

“Ou você tem um episódio como este para enxergar sua própria mortalidade ou alguém próximo de você tem. Chega um ponto da vida em que você precisa fazer perguntas sobre onde você está indo”, afirmou o músico.

As pessoas têm estes momentos onde lidam com a extinção de suas vidas. Pode ser algo psicológico ou físico. E sim, para mim foi físico, mas eu me poupei da parte dramática desta novela”.

VEJA TAMBÉM: Após internação, MC Gui recebe alta do hospital

Vale lembrar que Bono nos últimos anos passou por dois “sustos”. No ano 2000, ele foi examinado com suspeitas de um câncer na garganta e felizmente o quadro da doença acabou não se confirmando. Já em 2015, o vocalista do U2 foi levado às pressas ao hospital após uma queda de bicicleta em Nova York. Na época, ele acabou tendo fraturas no rosto e no ombro.

Mais recentemente, Bono foi obrigado a abandonar um show do U2 na Alemanha, após perder sua voz após apresentar quatro músicas durante um show. “Eu já tive vários sinais de alerta. Alguns socos nos últimos anos. Foram alguns cochichos que ouvi e deveria ter levado em consideração”, afirmou.

O líder do U2 utilizou uma metáfora para ilustrar como se sentiu após o episódio onde ficou afônico. “Foi a primeira vez que dei com os ombros na porta e ela não abriu. Senti Deus dizendo: ‘Na próxima vez, tente bater ou use a maçaneta. Não use seu ombro porque você vai quebrá-lo”. Bono ainda explicou que as turnês acabam demandando muito de sua energia. “Eu não consigo fazer mais tantas coisas quanto antes”.

Bono Vox tranquiliza fãs e avisa que em breve recuperará a voz

Bono Vox usou suas redes sociais na noite deste domingo (dia 2) para tranquilizar os fãs, após ter sofrido uma perda total de voz durante um show do U2 em Berlim, no sábado (1). O cantor afirmou que em breve estará com a voz totalmente recuperada e que conseguirá cumprir a agenda de apresentações da turnê europeia da banda.

VEJA TAMBÉM: Rede Globo prepara minissérie sobre a vida de Angela Maria

Eu consultei um bom médico e com os seus cuidados eu estarei de volta em plena voz para o resto da turnê. Estou tão feliz e aliviado que problemas sérios foram descartados. Meu alívio é atenuado em saber que o público de Berlim passou por esse incômodo. Havia uma atmosfera incrível na casa, seria uma daquelas noites inesquecíveis, mas não por isso… Mal posso esperar para voltar lá no dia 13 de novembro“, afirmou o comunicado assinado pelo próprio Bono.

O álbum “Songs Of Experience”, o décimo quarto na carreira da banda, foi lançado em dezembro do ano passado.