Britney Spears
A cantora norte-americana Britney Spears (FOTO: Reprodução)

Britney Spears terá que se manter afastada dos filhos Sean Preston e Jayden James até se recuperar psicologicamente. É o que afirmou uma fonte da revista norte-americana US Weekly. A decisão em afastar os meninos de 13 e 12 anos teria sido tomada pelo ex-marido da cantora, Kevin Federline, que possui a guarda das crianças.

“Kevin não vai permitir que os meninos passem mais tempo com a mãe até que Britney esteja estável e adaptada à medicação. Britney poderá ver os meninos, mas deverá seguir os critérios dele“, disse a fonte à revista, que ainda revelou que ficar próxima dos filhos é uma das grandes preocupações dela.

Britney Spears deu à luz ao seu primeiro filho Sean Preston no ano de 2005. Jayden James nasceu um ano depois, no ano de 2006. Os dois jovens são frutos do casamento da cantora com Kevin Federline. Este é só mais um contratempo que se soma à série de problemas na vida particular de Britney Spears, que atualmente vive sob a tutela de seu pai, Jamie Spears, e de advogados desde 2008.

VEJA TAMBÉM: Diplo e Anitta participam de evento em casa noturna e levantam suspeitas de nova parceria

Recentemente, a cantora permaneceu um mês internada numa clínica psiquiátrica na Califórnia depois de uma crise emocional, que teria sido causada por problemas na prescrição de remédios. Depois de ser liberada, Britney chegou a entrar na Justiça com uma ordem de restrição contra seu ex-empresário. Sam Lufti. Segundo informações do site TMZ, parte dos problemas da cantora estão relacionados ao assédio que o empresário estaria fazendo contra ela e seus familiares.

A ordem de restrição foi registrada em Los Angeles. De acordo com os documentos obtidos pelo TMZ, Lufti vinha enviando mensagens para a mãe de Britney, Lynne Spears, e publicando nas redes sociais mensagens hostis e ameaçadoras.

Enquanto isso o atual empresário de Britney Spears, Larry Rudolph, afirmou ao site TMZ que a cantora não está em plena forma física e mental para os ensaios necessários para os shows e que talvez a cantora nunca mais volte a se apresentar.

Como uma pessoa que guia a sua carreira, com base nas informações que eu e todos os profissionais que trabalham com ela temos, o que ficou claro para mim é que ela não deveria voltar a fazer a residência em Las Vegas, nem em um futuro próximo e possivelmente nunca mais“, disse.