sandy e junior
A dupla Sandy e Júnior (FOTO: Reprodução)

No início da turnê comemorativa da dupla, Sandy e Junior causaram grande repercussão ao mudar o final da letra de Maria Chiquinha no show realizado em Fortaleza no mês de julho. A música que os catapultou ao estrelato em 1989 foi improvisada de última hora durante a turnê Nossa História e teve que se adaptar aos novos tempos.

No show, ao invés de dizer “O resto? Pode deixar que eu aproveito” no fim da canção, Junior mandou um recado politicamente correto: “Para com isso. Isso não é mais aceitável. Não são mais os anos 90. Não vou fazer nada com o resto. Deixa em paz a Maria Chiquinha. A Maria Chiquinha faz o que ela quiser no mato”.

VEJA TAMBÉM: “Calcinha de Pabllo Vittar” para esconder partes íntimas é sucesso de vendas em SP

Inspirados pela iniciativa de Sandy e Junior, o UOL divulgou outras músicas além de Maria Chiquinha que não seriam aceitáveis nos dias atuais. As canções fazem parte do começo da carreira deles e, por isso, carregam os valores e a cultura dos anos 80 e 90.

De todas as canções, uma chamou bastante atenção por narrar o crescimento de um garoto e sua relação com o próprio pênis, o “pinguilim”.

“Se pinta uma garota que ele fica afim / Já quer mostrar o seu pinguilim / Meu pinguilim, meu pinguilim / Quero brincar com meu pinguilim” cantam os irmãos na música que fez parte do álbum Pra Dançar Com Você, de 1994.

Sandy e Júnior também chegaram a cantar letras que sugeriam assuntos mais delicados como a violência contra as mulheres, o uso da palmada como instrumento educativo e abordavam também o mal trato aos animais.

“Quando volta me tapeia só pedindo o meu perdão” canta Sandy na canção “Resposta da Mariquinha”. Música do álbum “Sábado a Noite” de 1992
“Não jogue videogame e coma toda a comida senão apanha no traseiro” diz a letra da canção “Ser Criança” do álbum “Pra Dançar Com Você” de 1994
“A galinha faleceu e virou assombração / E toda noite na Fazenda Chico Bento / O fantasma da galinha que morreu no tratamento” canta Sandy numa música chamada “Fazenda Chico Bento”. Na canção de 1991, a perna da galinha é cortada com um facão e o bichinho morre e vira uma assombração.