britney spears
A cantora norte-americana Britney Spears (FOTO: Reprodução)

Foi compartilhada na tarde desta terça-feira (dia 3) uma nota no site TMZ que indica que a cantora Britney Spears perdeu parte da guarda dos filhos Jayden e Sean.

Agora, as crianças deverão conviver com a cantora somente 30% de seu tempo durante a semana. Os outros 70% ficarão sob a responsabilidade do pai dos pequenos, Kevin Federline.

VEJA TAMBÉM: Pai de Britney Spears teria agredido o filho da cantora em caso de polícia

A decisão judicial, segundo a matéria, teria sido tomada pela Justiça estadunidense na última semana depois de uma disputa que era travada há cerca de 1 ano nos tribunais.

Depois de terem surgido no mês de agosto, pistas de uma suposta nova crise de saúde mental da cantora, os filhos da cantora passaram por um período de teste onde foi avaliada a adaptação das crianças à casa da mãe.

VEJA TAMBÉM: Pedro Scooby ficou magoado e sem entender o fim de namoro com Anitta

Agora, a matriarca e os filhos deverão ficar juntos somente nos finais de semana. Casados entre os anos de 2004 e 2007, Britney Spears e Kevin tinham desde seu término um acordo que permitia que cada um tivesse metade da guarda dos filhos.

A notícia chega no mesmo dia, onde foi noticiado que o pai da cantora teria agredido um dos filhos da cantora, num incidente que teria se tornado caso de polícia.

Desde 2018, Britney Spears estaria enfrentado uma série de problemas relacionados aos medicamentos que vinha tomando. No começo de 2019, Britney foi internada numa clínica de reabilitação, mas declarou recentemente que seu estado de saúde vem melhorando.

Recentemente, o pai da cantora entrou com uma ação na Justiça tentando expandir ainda mais sua tutela sobre a filha. Segundo o site TMZ, ele apresentou uma série de documentos ao juiz em Los Angeles pedindo para que a “guarda” sobre a cantora seja legitimada em mais regiões dos Estados Unidos. O patriarca chegou a ser acusado no início do ano de tê-la internado numa clínica a força o que acabou gerando uma campanha nas redes sociais.