Nicole Scherzinger
A cantora norte-americana Nicole Scherzinger (FOTO: Reprodução)

Sucesso nos anos 2000, o grupo The Pussycat Dolls deve voltar aos palcos depois da separação, no ano de 2010. De acordo com o jornal britânico The Sun, a cantora Nicole Scherzinger chegou a fechar uma negociação milionária para voltar à banda, que deve lançar novas músicas e também uma turnê mundial em 2020.

“Nicole fez uma oferta de vários milhões de libras para se juntar novamente ao grupo e recebeu um grande avanço que impossibilitou que ela recusasse”, informou ao jornal uma fonte próxima às integrantes.

Segundo informações da publicação britânica, Nicole já tinha recusado outras ofertas, mas optou por aceitar a proposta desta vez por causa do aniversário de dez anos da separação. Pesou na decisão, o fato dela ser agora uma acionista no grupo. Nicole adquiriu parte dos direitos do girlgroup com a criadora, coreógrafa e empresária Robin Antin. Além disso, a artista entrou em estúdio nesta sexta (dia 20) para gravar uma música nova para o grupo.

VEJA TAMBÉM: Anitta manda indireta para quem queria “acabar com sua carreira

Além de Scherzinger, outras originais Pussycat Dolls devem voltar ao sexteto: Melody Thornton, Kimberly Wyatt, Ashley Roberts, Carmit Bachar e Jessica Sutta.

Depois da notícia, a conta oficial do grupo no Instagram chegou a ser reativada, mas não havia publicações.

Uma outra fonte chegou a acrescentar ao The Sun que “a turnê será enorme e o grupo tocará seus maiores sucessos”. “Está nos estágios iniciais, mas agora elas estarão juntas novamente; algumas delas, incluindo Nicole, disseram que estariam abertas a trabalhar juntas em alguns novos singles”, explicou o informante.

Formada em 2003, a banda lançou dois álbuns – PCD (2005) e Doll Domination (2008) -, e conseguiu emplacar diversos hits mundiais, como Buttons, Don’t Cha, I Hate This Part, Stickwitu e When I Grow Up.