nego do borel
O funkeiro Nego do Borel (FOTO: Reprodução)

MC Gui está em um momento pra lá de delicado na carreira. O cantor vem tendo alguns dos seus compromissos profissionais cancelados depois de se envolver numa polêmica virtual.

Os dois cancelamentos aconteceram depois de MC Gui ser acusado de praticar bullying com uma criança por causa de um vídeo que publicou em suas redes sociais.

O músico compartilhou um vídeo em seu Instagram curtindo férias na Disney ao lado da namorada e de amigos num dos trens que levavam aos parques.

Então o cantor começa a filmar uma menina, enquanto ri da aparência da garota. A reação dos internautas foi quase instantânea, com MC Gui sendo acusado de humilhar a criança.

“Estou bastante triste comigo mesmo, não foi algo certo”, declarou o cantor no programa A Tarde É Sua. “Um vídeo em um momento infeliz, inoportuno. Por mais que a pessoa esteja de fantasia, não é certo ficar gravando, fazer o que para você pode ser uma brincadeira, mas para os outros não. Não fiz na intenção de maldade. Realmente foi errado, mas não quis fazer na maldade ou querendo zombar da cara de alguém”, acrescentou.

View this post on Instagram

Mc Gui se desculpa após ri de menina na Disney.

A post shared by Retratos da Vida (@retratos_extra) on

Mas, engana-se quem acha que foi somente MC Gui, quem veio à público nos últimos tempos depois de ter uma atitude contraditória. Relembre, outros funkeiros que também foram criticados e pediram perdão depois.

nego do borel
O funkeiro Nego do Borel (FOTO: Reprodução)

NEGO DO BOREL

O músico teve uma pequena confusão com Luísa Marilac no início do ano onde Nego do Borel afirmou que a travesti era um “homem gato”. Posteriormente, o cantor se retratou de maneira pública“Fui infeliz. Quis ser engraçado e errei. Mas aprendi muito. Hoje, sei que o que falo tem muito peso, preciso ter cuidado. Fui a São Paulo, e a gente fez as pazes. Ela me falou: ‘Nego, você é gente boa, fica tranquilo‘. Entendi o posicionamento da Luisa. A comunidade LGBTQI+ luta muito para normalizar o olhar sobre ela, muitos morreram e ainda morrem por causa do preconceito. Aprendi a lição: não se brinca com isso, e ninguém é obrigado a entender as minhas brincadeiras.”

Numa entrevista recente o cantor revela que foi muito atacado na época. “Cheguei a chorar de tristeza. Pessoas me atacaram e me julgaram preconceituoso, coisa que eu não sou. Nem posso ser! Sou de família negra, pobre e favelada. Já sofri muito preconceito na vida, sei bem o que é isso”. O músico, também foi bastante criticado, por ter tratado de maneira supostamente oportunista um beijo gay dado em um dos seus últimos clipes, onde aparece estereotipadamente travestido de mulher e beija um modelo.

Melody
A cantora teen paulistana Melody (FOTO: Reprodução)

MELODY

No final de setembro, a cantora discutiu com MC Loma na web e foi bastante criticada por tirar sarro da aparência de sua colega de música. Porém, no que depender de Melody o desentendimento ficou pra trás. A cantora dos falsetes esteve no início do mês, no Prêmio Jovem Brasileiro e falou com o site Famosando sobre o que aconteceu “Sempre levei muito na amizade. Sempre levei na boa. Chega uma hora que não dá mais. A gente se altera de vez em quando”.

Melody chegou a pedir desculpas para a antiga amiga e declarou estar aberta para reatar a amizade “Eu até peço desculpa. Eu tentei reatar a amizade. Mas, tentei conversar no Whatsapp e tudo. Desde o início falei ‘ah, vamos gravar essa música’ e tal. Eu até cheguei a ser amiga dela. Só que chega uma hora que a gente não consegue. Eu estou de boa para isso. Se ela quiser vir, estou na paz”

Ao fim do bate-papo, a adolescente deixou um recado para Loma “Olha, amiga, eu estou super aberta para ter você de volta. Não quero ter briga com ninguém. E é isso”

mclan
O funkeiro mineiro MC Lan (FOTO: Reprodução)

MC LAN

Após ser acusado de transfobia, ao ter supostamente expulsado uma modelo transexual das gravações de um clipe, o funkeiro MC Lan se manifestou sobre o assunto.

O músico compartilhou um longo comunicado em seu perfil oficial no Instagram, onde rebateu as informações publicadas por Léo Aquila em seu canal do Youtube através dos depoimentos da modelo Alessandra Tavares.

Na nota publicada por sua assessoria jurídica, MC Lan pediu desculpas, declarou ser inocente das acusações e que também sofreu preconceito em sua carreira além de destacar que sempre apoiou o movimento LGBT+.

“Peço desculpas, reitero minha inocência perante essa acusação. Reitero, também, o meu apoio à comunidade LGBTQ+ e a todos que por algum motivo sofrem preconceito no Brasil ou no mundo” afirmou o cantor.

biel
O cantor Biel (FOTO: Reprodução)

BIEL

No ano de 2016, o polêmico cantor foi acusado de assediar sexualmente uma jornalista durante uma entrevista. O músico chamou a profissional de “gostosinha” e também afirmou que a “quebraria no meio”. O jovem gravou um vídeo se desculpando porém, mesmo assim, os internautas não engoliram o discurso. “Brinquei com assuntos sérios e que estão na mídia. Estou profundamente arrependido. Foi constrangedor”, admitiu o músico.

naldo benny
O cantor carioca Naldo Benny (FOTO: Reprodução)

NALDO

O cantor agrediu a própria esposa Ellen Cardoso, a Moranguinho, em 2017. A ex-dançarina denunciou o marido após ser violentada com socos, chutes e puxões de cabelo numa briga na residência do casal. O artista chegou a ser preso mas foi solto depois do pagamento de fiança. Dias depois, Naldo postou um vídeo pedindo pelo perdão da esposa e do público. “Quem me conhece sabe o cara de bem que eu sou… Estou arrependido e destruído”, disse chorando na época. Ellen perdoou Naldo e eles permanecem casados.

anitta album visual
A cantora fluminense Anitta (FOTO: Reprodução)

ANITTA

A cantora Anitta pediu desculpas publicamente em abril de 2018 depois de ter sido alvo de críticas por dizer em seu programa de TV no Multishow que “eu só convido gente que eu amo, não convido gente hanseníase”.

“Galera, no último ‘anitta entrou no grupo’ eu errei ao dizer ‘pessoa hanseníase’ em vez de dizer pessoas que tenho ranço“, escreveu ela em post no Facebook. Na publicação, ela completou: “Me expressei mal e posso ter ofendido alguém. Gostaria de pedir desculpas por isso me retratar aqui”.