rashid
O músico Rashid (FOTO; Reprodução)

Rashid está voando! Logo após ser anunciado como uma das atrações do Lollapalooza 2020, o rapper estreou um novo álbum – “Tão Real: Temporada 2” com 6 faixas exclusivas, sucedendo a primeira temporada lançada em setembro deste ano. A nova era de Rashid se inicia com “Sobrou Silêncio” ao lado de Duda Beat num single apaixonante com direito à clipe gravado em São Paulo.

Em entrevista ao site, Rashid deu detalhes sobre os planos para o seu show no Lollapalooza e revelou estar apostando no sucesso da faixa ao lado da cantora pop pernambucana que é a nova queridinha indie do momento. Confira:

– Você acabou de lançar a segunda temporada do álbum “Tão Real”, quantos singles você pretende extrair dele até a nova temporada?

R: Na verdade, como o espaço é de praticamente um mês entre uma temporada e outra, a “Sobrou Silêncio” é nosso foco agora. Até porque, enxergamos um baita potencial nesse som, dentro e fora do Rap, pelo meu momento e o momento da Duda Beat, que está voando. Lançamos o clipe nesta terça-feira, dia 15. Na Primeira Temporada focamos na “Todo Dia“, com o Dada Yute, que é um som mais politizado, necessário no momento.


– Aliás, por que o uso do termo temporada? Como é que surgiu esta ideia de dividir um álbum em três? Conte um pouco sobre o documentário e outros conteúdos que acompanham o álbum (podcast e site).
R: Resolvemos que o conceito de lançamento do álbum seria algo como uma série. Seriados hoje em dia são uma coisa quase unânime, inclusive para a gente aqui da Foco Na Missão (minha produtora). Então, lançar um álbum com essa roupagem seria perfeito porque eu gravei muitas músicas para esse projeto e não queria que elas se perdessem no limbo por causa do excesso de informações.Dividir em temporadas dá tempo suficiente para que os fãs escutem os sons, absorvam e se preparem para a próxima. O fato de serem três temporadas tem a ver com a quantidade de músicas (18 = 6 para cada) e também com a ideia de que se dividíssemos apenas em duas partes, pareceria mais um álbum duplo do que realmente um seriado, que é algo para se acompanhar.Os outros conteúdos que vêm junto com o álbum são para levar o ouvinte à uma experiência completa no universo Tão Real. Entender melhor as letras com os bastidores do documentário e do podcast; captar minhas motivações que também estão presentes no documentário e mergulhar na ideia de série, em que você continua ligado à história mesmo não estando assistindo (ou ouvindo, nesse caso).


– Você acaba de ser anunciado como performer do Lollapalooza 2020. Esta será sua segunda vez no mega festival, o que isso significa para você como artista, sobre poder participar novamente do evento após o cancelamento de seu show deste ano, e como é para o rap nacional estar ganhando cada vez mais espaço em eventos deste porte?
R: Para o Rashid é incrível. A produção do festival foi muito gentil com a gente, nos chamando novamente após nosso show ter sido interrompido por uma tempestade com raios que caiu sobre o autódromo de Interlagos na última edição. Agradeço de coração o (re)convite.Como artista, estar num festival deste tamanho é sempre ótimo e funciona como um carimbo… Tipo, “Seu trabalho é bom o suficiente para estar aqui e seu esforço está valendo a pena!”Para o Rap é mais um passinho… Um comigo, outro com Emicida, outro com Djonga e mais um com 509-E. E ainda tem o show do WC no Beat com vários grandes artistas. Isso em 2020, porque em outros anos já passaram outros representantes pelo festival e espero que nos anos seguintes também continuem passando. O Rap é riquíssimo, valioso em conteúdo e como entretenimento. Nesse momento, os olhos estão voltados para nós. Façam acontecer que a gente faz valer a pena.


– A terceira temporada de “Tão Real” saíra em tempo para a setlist do show no Lolla?
R: Com certeza. Sai agora em novembro. Dá tempo de todo mundo decorar as letras e chegar afiado no Lolla. rs


– Você já tem algo desenhado para o show de lançamento? Pretende convidar Duda Beat e os demais parceiros do algum para dividir o palco contigo?
R: Sobre o show de lançamento, tenho algumas ideias, quero criar algo diferente dos meus shows habituais. Mas ainda não tenho nada concreto.Penso, sim, em convidar as participações… Cantar “Sobrou Silêncio” ao vivo com a Duda vai ser forte, além dos outros convidados. Não vejo a hora.