kpop
Os integrante do grupo Drug Restaurant (FOTO: Reprodução)

Os cantores de k-pop Jung Joon Young, do grupo Drug Restaurant, e Choi Jong Hoon, que faz parte do F.T. Island, foram condenados à prisão por terem participado, gravado e depois compartilhado mais de uma vez um estupro coletivo no ano de 2016.

De acordo com informações da revista VEJA, Jung Joon Young foi condenado a sete anos de prisão enquanto Choi Jong Hoon a cinco anos.

O canal televisivo sul-coreano SBS chegou a transmitir uma entrevista com uma das vítimas, cuja identidade foi mantida em segredo, e na conversa, ela afirmou que saiu com cinco pessoas, sendo que os cantores de k-pop estavam nesse grupo, antes de acabar desmaiando. Na manhã seguinte, segundo seu relato, ela teria acordado nua num quarto de hotel.

VEJA TAMBÉM: MC Gui é acusado de maltratar outra criança com câncer

Em março, Jung foi indiciado por gravar vídeos das relações sexuais e compartilhar o material em chats online. Na ocasião, ele chegou a se declarar culpado por ter gravado as imagens sem o consentimento das mulheres. “Enquanto eu fazia isso, não senti nenhuma culpa. Pelo resto da minha vida irei me arrepender dos meus atos imorais e ilegais que constituem crimes”, declarou.