Nicole Scherzinger
A cantora norte-americana Nicole Scherzinger (FOTO: Reprodução)

Depois que as Spice Gils voltarem aos palcos e deixarem milhares de fãs eufóricos, outro grupo feminino também decidiu se reunir no próximo ano. As Pussycat Dolls pretendem voltar com tudo depois de 10 anos do fim da banda.

Além de comentar a novidade, a vocalista da girlband Nicole Scherzinger também decidiu se abrir sobre a batalha que enfrentou contra a bulimia no auge da fama, enquanto sua colega Jessica Sutta lutava contra o alcoolismo.

O sexteto que vendeu mais de 54 milhões de discos entre 2003 e 2010 – acabou se separando após uma briga da vocalista Nicole Scherzinger, de 41 anos. Numa entrevista recente ao jornal The Sun, a atual jurada do ‘X Factor’ resolveu dar detalhes sobre o fim das Pussycat Dolls.

VEJA TAMBÉM: Vídeos sensuais de Anitta são publicados em site pornô

“Eu escondi [a bulimia] do mundo. Eu estava extremamente envergonhada. Quando você luta contra seus próprios demônios e inseguranças, não é algo que você queira compartilhar com outras pessoas” revelou Nicole.

A cantora acrescentou que se sentia “agradecida” por conseguir se recuperar do problema alimentar. “Estou tão agradecida por ter conseguido sair disso. São nossas falhas que nos conectam”. Enquanto Nicole lutava com seus próprios demônios durante seu tempo na banda, Jessica se tornou alcoólatra. A dançarina disse que o estilo de vida de uma popstar de sucesso, como beber champanhe em jatos particulares ou pela manhã, a levou pelo caminho do vício. Ela disse: “Você adquire hábitos realmente prejudiciais que, para um alcoólatra, são a pior coisa que pode acontecer”.

A girlband composta por Carmit Bachar, 45 anos, Ashley Roberts, 38 anos, e Kimberly Wyatt, 37 anos, irá começar uma turnê no próximo ano como um quinteto, sem a presença da colega Melody Thornton. As cantoras da banda chegaram a afirma que a porta continua aberta para Melody e afirmaram que nunca houve nenhuma briga. Ao serem questionadas pela Heart Radio sobre o que mudou nas vidas delas nestes últimos dez anos, as meninas dispararam: “bebês e casamentos”.