gusttavo lima
O cantor mineiro Gusttavo Lima (FOTO: Reprodução)

Desde setembro, o jornalista Leo Dias vem tentando entrevistar Gusttavo Lima, atualmente, o cantor com o cachê mais alto do país, recebendo cerca de 600 mil reais por evento. Após três meses de tentativas frustradas, o jornalista parece ter se cansado de correr atrás do sertanejo.

Nesta quinta-feira (dia 12), o “Embaixador”, decidiu convidar o ex-apresentador do Fofocalizando para a coletiva de imprensa do lançamento do novo DVD “O Embaixador in Cariri”, realizada no Hotel Tivoli Mofarrej, em São Paulo.

Porém Gusttavo e seus assessores impuseram duas condições aos veículos de imprensa: seriam dedicados somente 10 minutos da entrevista individual e os jornalistas estariam proibidos de tocar no assunto ‘boicote da Rede Globo ao cantor’.

Gusttavo Lima teria passado a ser boicotado pelos programas da emissora (e de todas as empresas do grupo), após ter trocado a Som Livre, gravadora onde ficou por 8 anos, pela Sony Music.

Desde julho de 2018, o cantor mineiro não aparece nos programas da emissora mas, isso não parece ter afetado tanto sua carreira. Na verdade, Gusttavo Lima parece não precisar da emissora, conseguindo uma resposta dos fãs muito maior através das redes sociais e da web. Confira o texto onde Leo Dias comenta a relação com Gusttavo Lima e sua assessoria.

VEJA TAMBÉM: MC Gui é acusado de maltratar outra criança com câncer

Recentemente, o artista mineiro anunciou todas as datas do projeto Buteco no ano de 2020. Gusttavo estará mais uma vez na Festa de Peão de Barretos, atraindo a atenção dos fãs. Porém, a organização do evento ainda não revelou quem será o embaixador da próxima edição.