ivete sangalo
A cantora baiana Ivete Sangalo (FOTO: Reprodução)

A morte do apresentador Gugu Liberato, que sofreu um gravíssimo acidente doméstico nos Estados Unidos em 20 de novembro, acabou abalando milhares de brasileiros. A cantora Ivete Sangalo aproveitou o delicado assunto para fazer uma reflexão sobre como a morte afeta as pessoas.

Numa entrevista ao programa ‘A Tarde É Sua’, da RedeTV!, a baiana também citou a morte recente de seu irmão, Jesus Sangalo. O empresário faleceu no começo do mês de novembro e, desde então, Ivete não tinha comentado o assunto publicamente.

Toda perda é muito difícil. Eu, no meu caso, perdi meu irmão, que é uma perda bem difícil. Quando penso em Gugu, penso na figura dele como pai, como filho, pessoa jovem que perdeu sua vida. Penso muito nos entes próximos que sentem isso, é uma coisa que dilacera a gente. E nos fãs, ele era um cara amoroso, distinto, sério e atento a tudo o que acontecia à volta dele. Espero que a família dele esteja confortada”, afirmou a cantora.

A cantora completou: “A gente passa esses momentos de perda por eles cronologicamente, mas é muito difícil passar por eles emocionalmente. Pessoas que passam pela vida da gente com experiências positivas, de amor, aprendizado, vão sempre deixar saudade”.

Assista abaixo:

Ao fim da entrevista, Ivete comentou que acredita que o ser humano ainda não sabe como lidar muito bem com a experiência da morte. “Vamos viver ainda muito tempo para evoluir no conhecimento disso. E me faz pensar sobre perdermos tanto tempo estando vivos com tanta bobagem, loucura, desrespeito, falta de empatia”, afirmou.

O empresário Jesus Sangalo faleceu na cidade de Salvador, aos 54 anos de idade, depois de ter sofrido sepse abdominal por consequências indesejadas de uma cirurgia bariátrica realizada há cerca de 5 anos.

VEJA TAMBÉM: Vídeos sensuais de Anitta são publicados em site pornô

Pela imprensa, o empresário foi relembrado pelo polêmico episódio em que foi demitido, em 2011, da empresa que gerenciava a carreira da irmã Ivete Sangalo. Na época, Jesus chegou a ser acusado de desviar grandes quantidades de dinheiro, informação desmentida recentemente por Mônica San Galo, irmã da cantora.