demi-lovato-2
A cantora Demi Lovato (FOTO: Reprodução)

Demi Lovato anunciou nesta terça-feira (dia 14) que irá se apresentar no prestigiado Grammy 2020, no dia 26 de janeiro, em Los Angeles (EUA). Esta será a primeira performance da cantora desde a overdose sofrida em 2018, que teria sido causada por opioides. Desde então, ela se mantinha afastada dos holofotes.

Eu disse que na próxima vez que vocês ouvissem de mim, eu estaria cantando“, escreveu Demi Lovato no Instagram. A estrela pop não postava nada na rede social desde 4 de dezembro, dia onde anunciou que só apareceria novamente quando tivesse novidades.

Depois da overdose em julho de 2018, a cantora aparentemente conseguiu aos poucos retomar seus compromissos profissionais e assinou com o prestigiado Scooter Braun, empresário por trás das carreiras de Justin Bieber, Psy, Ariana Grande e Carly Jae Repsen.

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima bebe demais e revela que passa horas “chupando periquita” da esposa

No último mês de outubro, Demi Lovato foi apontada por editores da revista Billboard como uma das raras artistas cujo retorno poderia acontecer direto no primeiro lugar da disputada Hot 100, principal parada de singles estadunidense.

NUDES VAZADAS

Ainda em outubro, a cantora sofreu uma invasão à sua conta do Snapchat pelo grupo de hackers “Chuckling Squad”. Os criminosos invadiram seu perfil na rede social e publicaram supostas fotos dela nua. Demi não chegou a comentar publicamente sobre a invasão.

O Discord, a empresa da sala de bate-papos para qual os hackers direcionaram os usuários para ver mais fotos, divulgou uma declaração após o incidente.

“Temos uma abordagem de tolerância zero à atividade ilegal em nossa plataforma e tomamos medidas imediatas quando tomamos conhecimento dela”, disse um porta-voz da empresa à Page Six. “Mudamos rapidamente ontem para desativar o link e interromper o acesso ao servidor assim que ficamos cientes.” As fotos foram prontamente removidas da conta de Demi Lovato.

Uma publicação com a mensagem “Participe deste servidor de discórdia para os meus nudes” indicava para um link chegou a ser compartilhado, antes que uma imagem de uma mulher morena nua, supostamente a cantora, fosse exibida aos internautas. A imagem trazia a seguinte mensagem“Junte-se à discórdia do esquadrão risonho para mais.”

Outra publicação afirmava: “Adicione meu namorado @ ssimon666“. As mensagens rapidamente foram deletadas do Snapchat de Demi. Segundo informações como o The Blast, a equipe da artista trabalhou para eliminar todas as imagens de outros sites e de fóruns virtuais.

O site também aponta que mesmos hackers assumiram a responsabilidade recentemente pela invasão à conta do CEO do Twitter, Jack Dorsey, e também vazaram nudes da atriz cult Chloe Grace Moretz. A cantora contou com uma verdadeira frente de fãs que pediam para que os internautas não compartilhassem as imagens na web em defesa da artista que recentemente passou por grandes dificuldades por causa do abuso de drogas.